DÍZIMOS e OFERTAS: Detalhes que influenciam a bênção divina (parte 4 - final)

O Sacrifício que Deus aceita...
Detalhes que influenciam a bênção divina 
(parte final)
Por Gerson Luiz Garcia de Lima
Comunidade Evangélica Restauração e Vida

MOTIVADOS PELO AMOR: (Texto de apoio: João 12:3-8)

A mulher na casa de Simão o leproso, Maria, irmã de Marta, e tantos outras pessoas na Bíblia e por toda a história, inclusive nos dias de hoje, são exemplos de pessoas que demonstram pelo ofertar o melhor, até mesmo ao exagero, seu amor ao Senhor.

Abraão não poupou sequer a Isaque, Davi recusou-se a "sacrificar sem sacrifício", e foi chamado "homem segundo o coração de Deus". E Deus honrou a cada um. Ele sempre permanece fiel, a Palavra da bênção já foi dada. Isso é amor profundo. Tomemos posse da promessa pela Fé.

Mateus 26:7-10 (leia em sua bíblia de 12:6 a 13:6): - " 7 E, estando Jesus em Betânia, em casa de Simão, o leproso, Aproximou-se dele uma mulher com um vaso de alabastro, com ungüento de grande valor, e derramou-lho sobre a cabeça, quando ele estava assentado à mesa. 8 E os seus discípulos, vendo isto, indignaram-se, dizendo: Por que é este desperdício? 9 Pois este ungüento podia vender-se por grande preço, e dar-se o dinheiro aos pobres. 10 Jesus, porém, conhecendo isto, disse-lhes: Por que afligis esta mulher? pois praticou uma boa ação para comigo..."

Paulo, o apóstolo, falando sobre o amor em I Coríntios 13:13, culmina dizendo: “Agora, pois, permanecem a fé, a esperança e o amor, estes três; porém o maior destes é o amor.” O amor, por sua vez, cuida, protege e procura agradar o objeto de amor. 

Paulo, também disse em 2 Coríntios 9:7 “Cada um contribua segundo propôs no seu coração, não com tristeza ou por necessidade; porque Deus ama ao que dá com alegria.”

A maior motivação para ser dizimista é agir por Amor a Deus e a sua obra.
O amor nos motiva a fidelidade a Deus. Davi mesmo disse ISSO quando seu servo Arfaúna queria dar-lhe a propriedade gratuitamente para ele ofertar sacrifício a Deus, veja 2 Samuel 24:24: "Mas o rei respondeu: — Obrigado, não aceito. Eu vou pagar tudo isso. Eu não vou oferecer ao SENHOR, meu Deus, sacrifícios que não me custaram nada...( Tradução Ling. Hoje).

Chegamos ao final deste estudo sabendo não ter esgotado o tema, mas esperando ter contribuído para seu crescimento espiritual. Agora é com você. A decisão é sua.

Seja um dizimista fiel na casa de Deus. Onde você coopera e recebe o alimento espiritual, deve ser o lugar onde você cumpre o ato de ser dizimista e ofertante fiel, apenas veja que deve ser uma Igreja cristã que esteja comprometida em estabelecer o Reino de Deus e fazer conhecido a salvação por Jesus Cristo, nosso Senhor.

As bênçãos prometidas em Malaquias 3:10-12 serão verdades em sua vida.

Fique na Paz.

Com amor,

Pastor Gerson Luiz 
Comunidade Restauração e Vida

Comentários

Nos dias atuais e muitas épocas se foi e é contestado o fato de que o Sábado de VELHO TESTAMENTO não tem seu devido valor. Pois foi feito para os Judeus ou então para que quando Jesus morreu na Cruz. Então SR.Pr.Gerson Luiz me responda o seguinte: Porquê é cobrado dos fiéis na fé que o sábado foi abolido, sendo o mesmo transcrito no velho em forma também de obediência. E já no velho testamento se é encontrado sob forma de ajuda para a causa de Deus o Dízimo. Porquê então não quardar o sábado do velho testamento mais então recolher o dízimo que também está no mesmo pardão...Escrito no velho ttestamento: Livro de Malaquias.???
Renato, Graça e paz seja contigo.
Primeiramente, grato pela visita ao BLOG.
Abraão já dava dízimo a 450 anos antes da Lei de Moisés (GN. 14:8)e Abel e Caim, a milhares de anos antes tinham a prática de Ofertar ao Senhor.
Malaquias embora seja AT não é uma escrita da Lei. Mas em defesa dela.
Aos gentios, que somos nós, foi dado a seguinte orientação em Atos 15:17-31"...Por isso julgo que não se deve perturbar aqueles, dentre os gentios, que se convertem a Deus. Mas escrever-lhes que se abstenham das contaminações dos ídolos, da prostituição, do que é sufocado e do sangue.
Porque Moisés, desde os tempos antigos, tem em cada cidade quem o pregue, e cada sábado é lido nas sinagogas... Porquanto ouvimos que alguns que saíram dentre nós vos perturbaram com palavras, e transtornaram as vossas almas, dizendo que deveis circuncidar-vos e guardar a lei, não lhes tendo nós dado mandamento... Na verdade pareceu bem ao Espírito Santo e a nós, não vos impor mais encargo algum, senão estas coisas necessárias..."
Além disso, nós, os da Fé, não estamos debaixo do sacerdócio levita (de Arão - da lei), mas no Sacerdócio de Melquisedeque - Hebreus 5:6, pois houve uma troca de Testamento (HB 10:9). Embora muitas coisas sejam semelhantes, nós não a fazemos pela lei de Moisés, mas pela justiça que é pela Fé no Filho de Deus.

Espero ter ajudado o irmão.

No amor de Cristo,

Pastor Gerson

Postagens mais visitadas deste blog

Aparente derrota, Vitória de Fato

Amado com amor inabalável

Manhã com Deus