Liberte-se da Culpa!

Extraído do Livro "Você pode ter vitória, apesar da confusão"
do Pastor Rex Humard (In Memorian)


“Se, pois, o Filho vos libertar, verdadeiramente sereis livres.” João 8:36

A família de Alfredo estava passeando de carro. Era inverno, e todas as janelas estavam fechadas, e eles não ouviram o apito de um trem que se aproximava do cruzamento. Iam atravessando os trilhos quando o trem chegou e os atingiu.

A mãe e pai morreram imediatamente, mas Alfredo e sua irmã Gláucia sobreviveram. Depois do enterro dos pais, foram morar no sítio dos avós.

A vovó tinha um ganso velho de estimação que subia na varanda e ficava andando por ali à espera de comida.

Certo dia, Alfredo e Gláucia estavam brincando no quintal, quando o velho ganso se aproximou da casa. Alfredo disse à irmã:
- “Olha, Gláucia, eu vou jogar uma pedra no ganso da vovó”. Ele apanhou a pedra e Gláucia gritou:
- “Não faça isso! Não faça isso!” Mas ele atirou.

Ele não pretendia machucar o ganso, mas atingiu-o em cheio e o velho ganso caiu morto.
Alfredo e Gláucia ficaram apavorados.
- “O que vamos fazer?” perguntaram um ao outro. Alfredo correu para o barracão e apanhou uma pá e uma enxada. Levaram o ganso para trás do barracão, fizeram um buraco, enterraram o ganso, e alisaram a terra.

No dia seguinte, a vovó perguntou:
- “Crianças, vocês viram o velho ganso branco da vovó?” Nenhum dos dois disse uma palavra.

Naquela noite, depois do jantar, a vovó disse:
- “Gláucia, tire a mesa e lave a louça.”
Gláucia foi para a varanda, chamou Alfredo e disse:
- “Vá lá dentro e limpe a mesa e lave a louça”.
- “Eu não vou fazer isso”, ele protestou. “Isso é trabalho de mulher, e a vovó disse para você fazer”.
- “Lembra-se do ganso?” Gláucia perguntou. “Se você não lavar a louça, eu conto para a vovó que você matou o ganso”.

Lá se foi o Alfredo. Ele não queria que a vovó descobrisse a história do ganso, por isso foi limpar a mesa a lavar a louça.

Na manhã seguinte, a vovó disse a Gláucia que varresse a cozinha. Ela pegou a vassoura e saiu à procura do Alfredo. Quando o achou, entregou-lhe a vassoura e disse:
- “Tome, Alfredo, a vovó quer a cozinha varrida”.
- “Eu não vou varrer a cozinha. Vovó mandou você fazer isso”, ele respondeu.
“Lembra-se do ganso?” disse Gláucia. E lá foi o Alfredo varrer a cozinha.

Vez após vez, Alfredo acabava fazendo o serviço de Gláucia porque se sentia culpado. Ele não queria que a vovó descobrisse o que tinha feito. Certo dia, o avô preparou a carroça para ir à cidade fazer compras. Perguntou às crianças se queriam ir junto. Gláucia logo disse que sim, e sentou-se ao lado do avô.

Mas Alfredo disse:
- “Não estou me sentindo bem. Eu fico aqui com a vovó”.

Alfredo esperou que a carroça saísse e, quando a perdeu de vista, entrou em casa nervoso. Lá estava a avó, em sua cadeira de balanço, fazendo crochê. Ele fechou a porta, e foi se aproximando da avó, cabisbaixo e mordendo as unhas.

A avó levantou os olhos.
- “O que é que há com você, Alfredo?” ela perguntou. “Venha cá”. Ela pôs de lado o crochê e sentou-se no seu colo.
- “Vovó”, ele começou, “sabe o seu velho ganso branco?” E as lágrimas desceram-lhe pelo rosto, e as palavras saíam com dificuldade. “Não queria fazer isso, mas apanhei uma pedra, joguei-a no ganso e acertei e ele morreu. Nós o enterramos atrás do barracão. Sinto muito. Vovó, se você me perdoar, quando for grande eu vou comprar uma porção de gansos para lhe dar”.

A avó o segurou bem junto a sai até que ele parou de soluçar. Aí então ela disse:
- “Agora, Alfredo, você fez bem de me contar. Mas há problema. Eu perdôo você. Tudo fica esquecido.” Ela o abraçou, deu-lhe um beijo carinhoso, e ele se foi.

Alfredo ficou feliz pela primeira vez em muito tempo.

À tarde, o avô voltou na velha carroça, Gláucia estava ao seu lado com um saco de balas e gritava: “Alfredo, ganhei balas, ganhei balas!” Ela estava toda feliz, porém não sabia que Alfredo estava ainda mais feliz.

Depois do jantar, a avó disse:
- “Gláucia, limpe a mesa e vale a louça”. Como tinha feito tantas vezes, Gláucia chamou o irmão na varanda e disse:
- “Alfredo, vá limpar a mesa e lavar a louça.”
- “Vovó disse para você fazer”, Alfredo replicou. “Faça você mesma”.
Gláucia olhou para ele, surpresa, e perguntou:
- “E o velho ganso?”
Alfredo empertigou-se e disse:
- “O velho ganso? Eu contei tudo à vovó e ela me disse que estava perdoado”.
Gláucia teve de tirar a mesa e lavar a louça naquela noite. Alfredo estava livre do sentimento de culpa.

A culpa é um capataz cruel, que mantém muita gente em cativeiro. A prisão da culpa tem levado milhões a sofrer uma vida inteira de agonia. Ela tem arruinado emoções, conduzindo suas vítimas à autodestruição.

Isso é trágico, especialmente quando sabemos que o perdão pleno e gracioso de Deus está
ao nosso alcance. É só pedir: "Se tão somente a Cristo confessarmos os nossos pecados, Ele é Fiel e Justo, para nos perdoar os pecados e nos purificar de toda a injustiça". (1º João 1:9).

Se você ainda não recebeu a Cristo, hoje mesmo você pode fazê-lo, aí onde você está, a Bíblia nos dá uma ótima notícia: "Mas a todos que o receberam, deu-lhes de serem chamados filhos de Deus, a saber, os que crêem em seu nome" (João 1:12).

Jesus mesmo nos dá suas promessas maravilhosas:
  •  "Todo aquele que o Pai me dá, esse virá a mim; e o que vem a mim, de modo nenhum o lançarei fora". - João 6:37 
  • "Vinde a mim todos os que estão cansados e oprimidos e eu vos aliviarei". - Mateus 11:28
  • “Em verdade, em verdade vos digo: quem ouve a minha palavra e crê naquele que me enviou tem a vida eterna, não entra em juízo, mas passou da morte para a vida”. - João 5:24
 Faça essa oração com sinceridade agora:
"Amado Senhor Jesus, confesso-Te os meus pecados, e peço o Teu inteiro perdão. Limpa-me de toda injustiça. Pela fé, eu sei que me perdoaste inteiramente. E eu Te agradeço por isso. Hoje, pela Fé, eu te recebo como meu único e suficiente Salvador, e peço-te que cumpra em mim sua promessa de me tornar filho de Deus, pois creio em Teu Santo Nome. Amém!!!"

Procure agora mesmo uma Igreja próximo a você e saiba mais dos próximos passosFé e comece a servir o Senhor Jesus. Ou entre em contato através desse blog ou pelo e-mail gersonluiz_garcia@yahoo.com.br para saber mais sobre o plano de Salvação.

Comentários

Gilson Marcato disse…
Bom dia!

Meus parabéns pela postagem, muito abençoada. É verdade, só há libertação em Cristo Jesus.

Fica na Paz do Senhor meu irmão.
Grato irmão Gilson.

Quando vemos que a obra de Cristo veio fazer (dar-nos vida em abundância - João 10:10) entendemos essa obra maravilhosa que vewm de dentro para fora e nos habilitar a viver a vida plena. (Nenhuma condenação há para os que estão em Cristo Jesus - Romanos 8:1)
Fabiana Miranda disse…
OLÁ BENÇAO..E UM PRAZER E PRIVILEGIO TAO GRANDE FAZER PARTE DO SEU BLOG..ANDAR E COMPARTILHAR COM HOMENS DE DEUS ..NAO EXISTE ESCOLHA MEHOR.E SABER QUE PESSOAS COMO VOCE TEM SE LEVANTADO COM O UNICO PROPOSITO DE LEVAR A VERDADE DO AMOR DE DEUS AOS CORAÇOES SEDENTOS.QUE CRISTO CONTINUE DANDO FORÇAS AMADO PARA VENCER OS GIGANTES E PROSSEGUIR..SEMPRE. UM ABRAÇO EM CRISTO JESUS...
Depois o irmao poderia me dizer como faço para colocar musicas no blog....
Josué Nogueira disse…
A paz do Senhor , amado Pastor

Achei o seu blog, muito bom o seu texto sobre culpa, realmente é um sentimento perigoso, o melhor é confessarmos como o menino fez.
Em Cristo
Josué Nogueira
Pastor Rivelino disse…
OLÁ GERSON LUIZ.
PASSEI PRA CONHECER SEU BLOG E É MUITO BOM.
QUE O SENHOR JESUS CONTINUE TE ABENÇOANDO E TE DANDO PALAVRAS COMO ESSA PARA NOS EDIFICAR.
ATÉ A PRÓXIMA...
BY, PR. RIVELINO.
Marcelo Marques disse…
Parabéns pelo blog, precisamos todos nos esforçar ao máximo para alcançar o propósito total da propagação do evangelho.

Segue uma frase para nossa reflexão: “A letra que mata é a letra que você não vive e nem o Espírito pode vivificá-lo" Marcelo Marques

www.teologiadaaplicabilidade.blogspot.com
Quero agradecer a todos que têm comentado esse Post.
É impressionante mesmo vermos esse poder maravilhoso de Jesus disponível a todos aqueles que a ele recorrerem.

Abraço fraterno,

Gerson Luiz
Aldo Santos disse…
Parabéns pelo seu blog, Gerson...
Vamos levar aos leigos a palavra do SENHOR, fazendo o ide de JESUS!

Estou seguindo o seu blog. se quiser seguir o meu também, é: www.oguardadeisrael.blogspot.com

DEUS continue lhe abençoando. DEUS é conosco, irmão!
Lu Rodrigues disse…
Nossa, que maravilha me foi ter lido esse texto agora!!
Obrigada por tê-lo postago, irmão!

Nada mais fantástico que sentir a leveza do perdão de Deus através de Jesus!!

Aleluia!!

http://tende-animo.blogspot.com/

Postagens mais visitadas deste blog

Aparente derrota, Vitória de Fato

Amado com amor inabalável

Manhã com Deus