Acompanhe este Blog clicando em SEGUIR

segunda-feira, 30 de maio de 2011

My Life, My Love, My All

Kirk Franklin e Coral
Apresentação do performático maestro gospel Kirk Franklin orquestra e coral, em evento realizado no Texas, EUA, no ano 2000. Aqui ele nos encanta com a bela canção "My Life, My Love, My All".
Simplesmente Maravilhoso.
LETRA
Minhas Mãos FORAM feitas par o Adorar
Meu Coração, Meu Rei, Bate por ti
Oh cordeiro Tão Verdadeiro Eu me Rendo a Ti
Minha Vida (te dou)
Meu amor (te dou)
Meu Tudo (Tudo)
Seu toque, Seu beijo Sua graça por mim
São mais profundos do que Minha Alma pode sentir
Meu Propósito Mudou
Quando eu clamei Seu Nome
Meu Passado foi apagado com apenas um toque Seu
Minhas Nuvens, Minha Chuva, Minha dor - Tudo Mudou
Fui renovado por Seu Sangue
Oh cordeiro Tão Verdadeiro Eu me Rendo a Ti
E quando esse Mundo Chegar ao fim
E o paraíso Perfeito começar para mim
E Perfeito Direi, quando vir o Seu Rosto
"Oh cordeiro Tão Verdadeiro Eu me Rendo a Ti"



Veja também a versão em português do excelente grupo Altares



segunda-feira, 23 de maio de 2011

A Chave para o sucesso na vida (parte 1)

Jesus Cristo disse em Lucas 21:33: “Passará o céu e a terra, porém as minhas palavras não passarão”. E ainda “Na verdade, na verdade vos digo que aquele que crê em mim também fará as obras que eu faço, e as fará maiores do que estas, porque eu vou para meu Pai.” João 14:12

O escritor da carta aos Hebreus reitera em Aos Hebreus 13:8: “Jesus Cristo é o mesmo, ontem, e hoje, e eternamente”.

Muitos, afirmam que o tempo dos milagres já passou. Eles retiram da Palavra de Deus, as preciosas promessas que Ele faz ao que crê. Críticas são feitas àqueles que pregam prosperidade, cura, libertação, afirmando que isso não é fundamental para a vida do cristão. O resultado é que temos mais púlpitos místicos do que práticos. Crentes frustrados com sua vida com Deus, que se contentam apenas em sentir o “mover do Espírito” nas reuniões mas que não exercem a fé durante a maior parte de sua vida, pois não crêem ou não sabem o que diz a Palavra de Deus sobre Sua providência para a vida de cada um de nós, seus filhos.

A Bíblia afirma claramente: “Portanto, ninguém se glorie nos homens; porque tudo é vosso”. (I Coríntios 3:21). E também: “Aquele que não poupou a seu próprio filho, antes, por todos nós o entregou, porventura não nos dará graciosamente com Ele todas as cousas?” (Romanos 8:32).

A Bíblia ensina claramente que toda a criação pertence ao Senhor. Paulo escreveu o seguinte, acerca de Jesus: “Porque todas as coisas sujeitou debaixo dos seus pés” (1 Coríntios 15:27). Deus é dono de todo o gado que pasta nas colinas da terra, bem como do ouro que se acha nessas colinas, e das próprias colinas. Mas Deus não é egoísta com o que possui. Desde o início da Bílbia, aprendemos que Ele deseja partilhar suas riquezas com aqueles que O seguem. A Escritura declara: “Porque o Senhor Deus é sol e escudo, o Senhor dará graça e glória; nenhum bem sonega aos que andam retamente.”(Salmo 84:11)

Deus nos fala tantas vezes em sua Palavra que Eles quer partilhar suas riquezas conosco, que é praticamente impossível citar todos os textos neste estudo. Notemos o que diz o Salmo 1:1-3 – :

1 BEM-AVENTURADO o homem que não anda segundo o conselho dos ímpios, nem se detém no caminho dos pecadores, nem se assenta na roda dos escarnecedores. 2 Antes tem o seu prazer na lei do SENHOR, e na sua lei medita de dia e de noite. 3 Pois será como a árvore plantada junto a ribeiros de águas, a qual dá o seu fruto no seu tempo; as suas folhas não cairão, e tudo quanto fizer prosperará.

O EXEMPLO DE JOSÉ

Deus prometeu a José que ele e sua família poderiam viver e requerer Suas preciosas bênçãos e Promessas: “Pelo Deus de teu pai, o qual te ajudará, pelo Todo-poderoso, o qual te abençoará, com bênçãos dos altos céus, com bênçãos das profundezas, com bênçãos dos seios e da madre. As bênçãos de teu pai excederão as bênçãos de meus pais até ao cimo dos montes eternos; estejam elas sobre a cabeça de José, e sobre o alto da cabeça do que foi distinguido sobre os seus irmãos.” (Gênesis 49:25-26)

E José efetuou usufruiu dessa fonte. Vejamos o que diz em Gênesis 39.3: “Vendo Potifar que o Senhor era com ele (José), e que tudo o que ele fazia o Senhor prosperava em suas mãos.”

A PROMESSA FEITA AOS ESCOLHIDOS

Deus disse ao povo de Israel o seguinte: ”Guardai as palavras desta aliança e cumpri-as, para que prospereis em tudo quanto fizerdes.” (Deuteronômio 29:9).

Paulo afirma que após o evento do Calvário, todos aqueles que seguem a Jesus como seu Senhor e Salvador constituem o verdadeiro Israel, Romanos 9.4-8: 4 Que são israelitas, dos quais é a adoção de filhos, e a glória, e as alianças, e a lei, e o culto, e as promessas; 5 Dos quais são os pais, e dos quais é Cristo segundo a carne, o qual é sobre todos, Deus bendito eternamente. Amém. 6 Não que a palavra de Deus haja faltado, porque nem todos os que são de Israel são israelitas; 7 Nem por serem descendência de Abraão são todos filhos; mas: Em Isaque será chamada a tua descendência. 8 Isto é, não são os filhos da carne que são filhos de Deus, mas os filhos da promessa são contados como descendência.

Portanto, esta promessa se destina a nós que conhecemos o Senhor. Nós, os gentios que se tornaram pela fé, o novo Israel de Deus. Nós podemos usufruir destas promessas.

DAVI FALOU A SEU FILHO SOBRE ESSE DIREITO

Antes de morrer, Davi chamou seu filho Salomão. Ele queria que Salomão realizasse seu sonho de construir uma casa para Deus, que Davi fora impedido de realizar. Na conversa íntima que manteve com o filho, Davi falou-lhe acerca das promessas de Deus, e ensinou-lhe como poderia aproveitar desse direito. Isso está em 1 Crônicas 22, mas note particularmente o versículo 13: “Então prosperarás, se cuidares de cumprir os estatutos e os juízos, que o Senhor ordenou a Moisés acerca de Israel; sê forte e corajoso, não temas não te desalentes.”

ENQUANTO ELE BUSCASSE A DEUS A PROMESSA LHE ESTARIA DISPONÍVEL

Muitos reis bons e maus reinaram em Israel. Uzias, por exemplo, foi um bom rei e descobriu o segredo da fidelidade de Deus “Nos dias em que buscou ao Senhor, Deus o fez prosperar.” (2 Crônicas 26:5)

Outro rei bom a quem Deus chamou e usou foi Ezequias. A seu respeito a Bíblia diz :”Em toda obra que começou no serviço da casa de Deus, na lei e nos mandamentos, para buscar a seu Deus, de todo o coração o fez, e prosperou.” (2 Crônicas 31:21). Em outro texto, a Santa Escritura refere-se a esse rei sábio e bom citando: “Ezequias prosperou em toda a sua obra” (2 Crônicas 32.30). Ezequias só não prosperou quando desobedeceu a Deus, mas enquanto O buscou, sua conta celestial continuou aberta.


Um estudo do Pastor Rex Humbard,

com adaptações e atualizações de Gerson Luiz Garcia de Lima

Pastor Rex Humbard
Alpha Rex Emmanuel Humbard (13 de agosto, 1919 - 21 de setembro de 2007) foi um conhecido americano evangelisa de televisão cuja Catedral do Amanhã show foi exibido em mais de 600 estações no auge de sua popularidade. Nascido em Little Rock, Arkansas, Rex Humbard foi o primeiro evangelista a ter um programa de televisão de âmbito nacional semanal no Estados Unidos, no início de 1952, embora a sua transmissão televisiva primeira foi em 1949. 





quinta-feira, 19 de maio de 2011

Homem Virtuoso Quem o Achará?

Procurando em minhas coisas, achei um artigo interessante da Revista Palavra da Vida de 1987, que traz uma paráfrase bem humorada de Provérbios 31. Acredito que você vai gostar e refletir. 
Boa leitura!

  1. Homem Virtuoso Quem o Achará? Quem achará um marido amoroso? Seu valor excede abundantemente o de jardineiro, empresário e operário.
  2. O coração de sua esposa confia nele, quer na presença da secretária atraente, quer na presença da mulher solitária à procura de alguém para ouvi-la.
  3. Ele gasta mais tempo em casa do que no campo de futebol, ou no voleibol.
  4. Ele não fica muito bravo quando as bicicletas e bolas formam uma bagunça na garagem.
  5. Ele gosta de receber beijos de gelei-a de morango e abraços de chocolate.
  6. Ele consegue consertar varas de pescar quebradas e bonecas deslocadas com igual habilidade.
  7. Quando sua esposa grita, ele corre para socorrê-la destemido, esmaga a aranha preta.
  8. Ele nunca esquece o aniversário de sua esposa.
  9. Ele sempre percebe os vestidos novos dela, assim como seus penteados, seus sapatos, e sua bolsa, e a elogia apropriadamente.
  10. Ele mostra paciência quando o nenê exige o tempo da esposa.
  11. Cremes, sabonetes, vários pentes, escovas o deixam bem confuso, mas ele considera tudo em silêncio.

    homem virtuoso, que o achará
  12. Ele não é aquele perfeccionista que acha que o eventual prato sujo ou cama desarrumada indiquem uma esposa preguiçosa.
  13. Ele muda a disposição dos móveis, conforme o desejo da esposa, e conserta torneiras e escadas rapidamente.
  14. Quando seus sogros chegam para uma visita, ele os deixa à vontade.
  15. Às vezes ele faz compras com a sua mulher sem murmurar, embora espere que outro homem não o veja na seção de roupas íntimas para senhoras.
  16. Enquanto espera pela esposa no carro, ele resiste à tentação de buzinar, e quando ela chega, parte em velocidade normal.
  17. Sua força sustenta a família em tempo de crise, mas ao mesmo tempo ele mostra bondade e misericórdia.
  18. Aceita o comportamento incompreensível de sua esposa com tranquilidade. Embora nunca a compreenda completamente, ele ainda a ama.
  19. Esposa, encontre-o à porta com cabelo penteado, roupas bonitas, e um grande sorriso. Receba-o com um beijo e um abraço, porque ele é um tesouro precioso.
Marilyn Habeeker (Extraido de Palavra da Vida de 1987)

domingo, 15 de maio de 2011

Fogo do Senhor

Queridos,


Gostaria de compartilhar uma mensagem abençoada e poderosa do Evangelista Reinhard Bonnke, fundador da CFAN - Cristo para todas as nações. Oro para que seja para de edificação para sua vida como foi para a minha.


No amor de Cristo,
Gerson Luiz Garcia de Lima (Twitter @gersonlgarcia)


Deus queimando (Texto – Mateus 3:11; Lucas 3:16)


"Quem dentre nós pode habitar com o fogo consumidor? Quem dentre nós pode habitar com as labaredas eternas?"(Is. 33:14)


A Bíblia contem mais de 500 referências ao fogo, ligando-o com Deus por 90 vezes. Deus em ação é como um flamejante fogo. Fogo é Sua essencial característica. 'Porque o Senhor, teu Deus, é fogo que consome'. (Dt. 4:24). Seu Deus é assim? O Deus do fogo é o único que há. Nosso Deus é como uma floresta pegando fogo e não um bloco de gelo. Ele nunca se parece com a lua com sua fria luz, mas mais com o sol irradiando calor. Sua morada é na luz do sol nascente. O que Ele faz Ele executa com intenso desejo e flamejantes propósitos. 


Ele não pode habitar em nada morno. Não há nada cor-de-rosa suave na Sua presença, pálido ou anêmico, nem uma coisa nem outra. Este é Deus. Você quer tê-lo? Isaias pergunta, ' Quem dentre nós pode habitar com o fogo consumidor? Quem dentre nós pode habitar com as labaredas eternas?' (Is. 33:14). Quem realmente?


Elias nos apresenta com um desafio real: 'O deus que responder com fogo, esse é Deus' (I Rs. 18:24). Bem, se você que ser outro Elias você tem que ter o Deus que responde com fogo. Você se daria bem com este tipo de religião – Cristianismo incandescente, Evangelho quente, o tipo de fé 'fogo nos seus ossos'? Ou você prefere um Deus casual e condescendente? O Deus de Elias e de Isaías nunca é desanimado, mas um Deus de vigor incansável e de total comprometimento. Ele é um entusiasta! O que Ele faz, Ele faz com ardor (II Rs. 19:31).


Isaías 33 fala da raiva consumidora de Deus contra a maldade, Deus sendo fogo devorador dos inimigos de Israel. Aí vem o "x": o fogo terá alcance de efeito devastador. 'Os pecadores de Sião se assombraram; o tremor apoderou-se dos ímpios. "Quem dentre nós pode habitar com o fogo consumidor? Quem dentre nós pode habitar com as labaredas eternas?"' (Is. 33:14). Seja dentro ou fora de Sião Ele é fogo devorador.


Fogo – Promessa e não Ameaça!  (Texto – Atos 2:1-4, 4:8-13)


Deus é o mesmo Deus para todo mundo, tanto na igreja como no mundo. O Deus que está zangado com os pecadores todos os dias é o Deus com quem lidamos. Ele não muda. Verdadeira sociedade com Deus significa que estamos em fogo; o Deus do fogo não se associa com pingentes de gelo. Ele não se dá bem com povo frio e frouxo, indisciplinado e casual e que trabalha aos arrancos, não sendo nem quente nem frio. Não importa quem somos, Deus não se adapta para nos agradar; nós é que sempre temos que nos adaptar a Ele. Deus é demais para você? Zeloso demais, constante demais na Sua atividade?


Líderes e pastores das igrejas representam a Deus, o Deus do fogo. Nosso ministério é trazer este Deus até as vidas das pessoas, colocando fogo nos seus corações.


Jesus batiza com fogo (Mt. 3:11-12, Lc 3:16-17). João Batista disse, 'Eu, na verdade, vos batizo em água, na base do arrependimento; mas aquele que vem após mim é mais poderoso do que eu, que nem sou digno de levar-lhe as sandálias; ele vos batizará no Espírito Santo, e em fogo... A sua pá ele tem na mão para limpar bem a sua eira, e recolher o trigo ao seu celeiro; mas queimará a palha em fogo inextinguível.'


Teólogos perguntam se João Batista realmente disse tais palavras, e se ele disse, o que ele quis dizer? Alguns falam que suas palavras sobre Jesus batizando no Espírito Santo e fogo se refere à limpeza e julgamento de Israel. Estou certo de que eles estão errados. Quando João Batista falou de batismo do Espírito e fogo, era uma promessa e não uma ameaça, embora isto também tenha sido um tipo de prevenção sobre o que estaria por vir. Por toda a Escritura o fogo de Deus vem para purgar e abençoar.


O fogo de Deus não vem para nos fazer cômodos, mas santos e para nos despertar. Quando Moisés viu a sarça ardente, primeiro Deus o advertiu de que ele estava pisando em terra santa, e depois lhe falou da grande coisa ele estava por fazer, que seria libertar a Israel que era cativo de Faraó (Ex. 3). Quando Isaías estava no templo e este se encheu de fumaça da santidade de Deus, sua consciência de imundice veio antes de Deus o equipar como Seu mensageiro.


Se o Deus de fogo assume o comando, não será uma experiência confortável para aqueles que estão tranqüilos em Sião. A idéia de ser cheio do Espírito não é para nos dar emoções agradáveis e adoráveis encontros igreja, mas para nos fazer ir por Deus. Quando Jesus dá poder Ele mostra claramente Seus propósitos: 'Sereis minhas testemunhas' (At. 1:8). É glorioso ser ungido, mas isto é para o serviço que realmente precisa ser feito, e não simplesmente para serviços agradáveis.


Vida sem Fogo (Texto – Atos 2:1-4, 4:8-13)
Podemos viver sem fogo? Não nesta terra. O universo está cheio de fogo. O sol é um grande globo de incandescência, cada estrela brilha com seu próprio fogo, e mesmo o centro do nosso planeta é fogo – um centro de ferro derretido. Cada vulcão é uma ilustração do caráter de Deus. Ele é um Vesúvio de bondade, vida e energia.


Alguns pensam que Deus está extinto e que publicou livros, cuja reivindicação é simplesmente demonstrar isto. O que aconteceu a Deus? Eles podem também perguntar o que aconteceu com as estrelas! Se elas não estão tão visíveis é por causa da moderna poluição da atmosfera. Este é o preço que pagamos em nossas grandes cidades – um mundo de lâmpadas, mas sem estrelas. Nestes dias seria muito difícil para os Magos terem uma estrela para guiá-los até Belém. Mas esta é uma alegoria dos dias modernos. As pessoas não encontram seus caminhos até Jesus por causa da poluição. Ninguém pode ver a Deus através da nuvem de poluição da dúvida e pecado. Mas Ele continua lá, brilhante para sempre.


No Dia de Pentecostes não houve somente fogo, mas também vento. O vento dispersa todo o nevoeiro. Ele limpa a atmosfera tanto quanto seguramente o fogo a aquece. Os discípulos tiveram um montão de dúvidas mesmo depois de Jesus ter ressuscitado dentre os mortos e ter falado com eles. Lemos que Jesus apareceu aos onze enquanto eles estavam sentados juntos comendo. Alguns haviam crido em relatos sobre Sua aparição, mas outros duvidaram; Jesus os repreendeu pela dureza dos seus corações. 


Mas quando os ventos de Deus rasgaram os céus e se moveram ao Lugar Superior, não ficou nenhuma dúvida. Um furacão e línguas de fogo sobre cada cabeça não era alucinação. Ele alcançou o poder do centro do universo como Ele havia dito. Ele manteve Sua promessa.


Levante, Fale e Nunca se Cale (Texto – Ato 18:5-9; Lucas 24:13-35)


Queremos uma igreja batizada com fogo. É tempo de nos levantarmos, falarmos e nunca nos calarmos. O fogo somente pode fazer o que deixamos que ele faça. Espírito Santo somente vai abençoar onde formos. 


Reavivamento significa fogo, pessoas que tem o real fogo, queimam publicamente. Reavivamento não vem se você fica confortavelmente dentro de quatro paredes pedindo para Deus mover. Deus vai te batizar com fogo e depois vai te mandar como Sansão mandou as raposas com tochas amarradas nos seus rabos.


Jeremias é o tipo de profeta que queremos, milhões deles. Ele estava desencorajado, mas ele não podia se manter calado, pois ele disse que a Palavra de Deus era como fogo encerrado nos seus ossos (Jr. 20:9). Nosso Deus é fogo consumidor.


Você pode viver com Ele, sendo inflamado por Ele? Que Deus abençoe esta verdade Bíblica em você!


Trechos de algumas mensagens do evangelista Reinhard Bonnke (clique aqui para ir para o site).


Se esta Palavra o abençoou deixe seu comentário ou testemunho no link "comentários" abaixo ou envie-me e-mail para gersonluiz_garcia@yahoo.com.br.

O Evangelista Reinhard Bonnke é mais conhecido por suas grandes campanhas evangelísticas no Continente Africano, fundou o ministério internacional Cristo para todas as Nações, com escritórios localizados na África, Alemanha, Reino Unido, Canadá, Singapura e nos Estados Unidos.


Desde o início do novo milênio, através da realização de eventos em grande escala na África e outras partes do mundo, e também com o alvo de vermos 100 milhões de vidas relatarem sua decisão por Jesus Cristo nesta década, 54 milhões de pessoas já responderam ao chamado do Evangelho.



sexta-feira, 13 de maio de 2011

Textos Bíblicos Para Exercermos a Fé

Os que esperam no Senhor renovarão suas forças... (Isaías 40:31)
TODAS AS NOSSAS NECESSIDADES SÃO CONHECIDAS POR DEUS E ELE POSSUI RECURSOS PARA SUPRÍ-LAS

Eis aqui estão algumas das riquezas de que Deus possui para nós para fortalecer sua Fé: 


  • Nossas necessidades físicas são atendidas - “Confia no SENHOR e faze o bem; habitarás na terra, e verdadeiramente serás alimentado.” (Salmo 37.3) 
  • Bênçãos ilimitadas – “Se podes! Tudo é possível ao que crê.” (Salmo 9.23) 
  • Respostas de Oração – “por isso vos digo que tudo quanto pedirdes em oração, crede que recebestes, e será assim convosco.” (Marcos 11.24) 
  • A remoção dos obstáculos – “Respondeu-lhes o Senhor: Se tiverdes fé como um grão de mostarda, direis a esta amoreira: Arranca-te e transplanta-te no mar; e ela vos obedecerá.” (Lucas 17.6) 
  • Plenitude espiritual – “Declarou-lhes, pois, Jesus: Eu sou o pão da vida; o que vem a mim, jamais terá fome, e o que crê em mim, jamais terá sede.” (João 6.35) 
  • Uma luz em nossa vida – “Eu sou a luz que vim ao mundo, para que todo aquele que crê em mim não permaneça nas trevas.” (João 12:46) 
  • Poder para o serviço cristão – “Em verdade, em verdade vos digo que aquele que crê em mim, fará as obras que eu faço, e outras maiores fará, porque eu vou para junto do Pai.” (João 14.12) 
  • Tudo de que precisamos – “Visto como pelo seu divino poder nos têm sido doadas todas as cousas que conduzem à vida e à piedade, pelo conhecimento completo daquele que nos chamou para a sua própria virtude.” (2 Pedro 1.3) 
  • Uma vida mais longa – “13 -E também até o que não pediste te dei, assim riquezas como glória; de modo que não haverá um igual, entre os reis, por todos os teus dias. 14 - E, se andares nos meus caminhos, guardando os meus estatutos, e os meus mandamentos, como andou Davi teu pai, também prolongarei os teus dias.” (1 Reis 3.13-14) 
  • Prosperidade no trabalho – “3 Se andardes nos meus estatutos, e guardardes os meus mandamentos, e os cumprirdes, 4 Então eu vos darei as chuvas a seu tempo; e a terra dará a sua colheita, e a árvore do campo dará o seu fruto; 5 E a debulha se vos chegará à vindima, e a vindima se chegará à sementeira; e comereis o vosso pão a fartar, e habitareis seguros na vossa terra. 6 Também darei paz na terra, e dormireis seguros, e não haverá quem vos espante; e farei cessar os animais nocivos da terra, e pela vossa terra não passará espada. 7 E perseguireis os vossos inimigos, e cairão à espada diante de vós. 8 Cinco de vós perseguirão a um cento deles, e cem de vós perseguirão a dez mil; e os vossos inimigos cairão à espada diante de vós. 9 E para vós olharei, e vos farei frutificar, e vos multiplicarei, e confirmarei a minha aliança convosco. 10 E comereis da colheita velha, há muito tempo guardada, e tirareis fora a velha por causa da nova. 11 E porei o meu tabernáculo no meio de vós, e a minha alma de vós não se enfadará. 12 E andarei no meio de vós, e eu vos serei por Deus, e vós me sereis por povo. 13 Eu sou o SENHOR vosso Deus, que vos tirei da terra dos egípcios, para que não fôsseis seus escravos; e quebrei os timões do vosso jugo, e vos fiz andar eretos.” (Levítico 26.3-13) 
  • Vida mais saudável – “Servireis ao Senhor vosso Deus, e ele abençoará o vosso pão e a vossa água; e tirará do vosso meio as enfermidades.” (Êxodo 23.25). “SE ouvires atento a voz do Senhor teu Deus, e fizeres o que é reto diante dos seus olhos, e deres ouvido aos seus mandamentos, e guardares todos os seus estatutos, nenhuma enfermidade virá sobre ti, das que enviei sobre os egípcios; pois eu sou o Senhor que te sara.” (Êxodo 15.26) 
  • Bênçãos infindáveis – “Bendito seja o Senhor que, dia a dia, leva o nosso fardo: Deus é a nossa Salvação.” (Salmo 68.19). “Se ouvires a voz do Senhor teu Deus, virão sobre ti e te alcançarão todas estas bênçãos.” (Deuteronômio 28.2)

terça-feira, 10 de maio de 2011

Como morrem as igrejas


Vós sois a luz do mundo e o sal da Terra - Mateus 5:14

Segue mais uma belíssima mensagem do Pastor Lloyd John Ogilvie, do livro O QUE DEUS TEM DE MELHOR PARA SUA VIDA, Editora Vida.

Versículo-chave: Tens nome de que vives, e estás morto (ApocaIipse 3:1).

Poucas críticas à igreja seriam mais cortantes do que ela ter nome de que vive, mas na realidade estar morta. Porém, era exatamente isso o que Cristo tinha a dizer à igreja em Sardes. Sua vida tinha fama, mas Cristo disse que estava morta. Materialmente tinha vida, mas espiritualmente estava morta. O que Jesus quis dizer? Quando é que uma igreja está morta? 


Quando adora o passado. As recordações são reconfortadoras, mas nem sempre estimulantes. Só podemos olhar para o passado com ações de graças, jamais com satisfação própria. A igreja em Sardes descansava em sua reputação.

A igreja também está morta quando ama mais o sucesso do que a Cristo. A igreja deve ser a luz, o sal e o lêvedo do mundo. Deve fazer o que Deus exige, não o que a sociedade quer. A igreja em Sardes tolerava Sardes; não a transformava. 

Além disso, a igreja está morta quando seus membros estão mortos. 

A igreja recebe vida quando o povo está cheio com o Espírito Santo e estuda, partilha e serve. A igreja é levantada dentre os mortos quando o povo religioso, que não conhece a Cristo, entrega-se a ele completamente e recebe o seu Espírito vivo. 

Jesus desafiou a igreja em Sardes a despertar-se e fortalecer o que estava às portas da morte. A igreja letárgica não lhe era aceitável. 

Cristo queria fidelidade. A igreja havia-se desviado da fonte de vida. 

Ele desejava vitalidade. A igreja tem de levar um estilo de vida motivado por Cristo, apresentado em liberdade, expresso em serviço e comunicado em alegria. Ele desejava autenticidade. O evangelho faz que os crentes sejam descontraídos, liberados, renovados, capazes de viver mais, sofrer mais e servir mais que o mundo pagão. Finalmente, Ele desejava reprodutibilidade. O sinal de uma igreja viva é seus membros estarem levando outros a Cristo.

Pensamento do dia: O que diria Cristo acerca da sua igreja?


domingo, 8 de maio de 2011

O Verbo se Fez Carne e Habitou entre nós

O Verbo se Fez Carne e Habitou entre nós

Diz-nos a Palavra de Deus no Evangelho de João 1:1 e 14:


"No princípio era o Verbo, e o Verbo estava com Deus, e o Verbo era Deus... E o Verbo se fez carne, e habitou entre nós, e vimos a sua glória, como a glória do unigênito do Pai, cheio de graça e de verdade."


Para iniciar nossa reflexão sobre o tema da encarnação, gostaria de compartilhar com vocês um trecho do excelente livro de Reinhard Bonnke, "Fé - o elo com o poder de Deus", que nos traz uma reflexão poderosa sobre a divindade de nosso Senhor Jesus. Aquele "menino" profetizado que se nos deu, cujo principado está sobre os seus ombros e que seu nome significa "Maravilhoso, Conselheiro, Deus Forte, Pai da Eternidade e Príncipe da Paz" (Isaías 9:6) que descende da linhagem de Israel segundo sua natureza humana, mas que é sobre todos Deus Bendito Eternamente (Romanos 9:5) e de quem Paulo falou que "nenhum dos príncipes deste mundo conheceu; porque, se a conhecessem, nunca crucificariam ao Senhor da glória." (1 Coríntios 1:8) e que o salmista diz ser o Rei da Glória, o Senhor forte e poderoso, o SENHOR poderoso na guerra. (Salmos 24:8) .

Lembrando que a Palavra de Deus é EMBASADA EM AUTORIDADE (Texto: Lucas 4:32; Hebreus 4:12-13; 2º Timóteo 3:14-17), vamos à reflexão do evangelista Reinhard Bonnke. Diz ele:


Embasada em AUTORIDADE
"A Bíblia não se faz de rogada e insiste centenas de vezes na sua própria autoridade divina. Os profetas, por exemplo, quando falavam, não estavam emitindo suas opiniões políticas pessoais, "mas homens santos de Deus [ que] falaram movidos pelo Espírito Santo" (2 Pedro 1.21). Eles usavam a frase: "Assim diz o Senhor." O conceito judaico era de um Deus de santidade terrível, e eles tremiam ante a Sua impressionante grandeza.

A menos que eles tivessem absoluta convicção de que Deus os estava enviando, nenhum profeta em Israel se atreveria a proclamar ser a voz deste Ser todo-poderoso. Somente com absoluta certeza eles abririam a boca. Jeremias declarou: “não me lembrarei d’Ele e já não falarei no seu nome, então, isso me foi no coração como fogo ardente, encerrado nos meus ossos; já desfaleço de sofrer e não posso mais (deixar de falar)”- (Jeremias 20.9).


A Autoridade de Cristo
Deus falou e céus e terra vieram a existir. "Pois ele falou, e tudo se fez; ele ordenou, e tudo passou a existir" (Salmo 33.9). Então, encontramos no Evangelho de João uma tremenda afirmação de que "o Verbo se fez carne (João 1.14). A mesma voz que criou todas as coisas agora fala conosco. O que Ele diz é com absoluta autoridade; é a Palavra do Senhor.

Cristo disse que passariam o céu e a terra, mas as suas palavras não iriam passar (Mateus 24.35). Ele não era como os profetas, que falaram pelo Senhor; Ele falou como Senhor. Os profetas diziam: "Assim diz o Senhor", entretanto, Cristo disse: "Verdadeiramente, vos digo...” (Lucas 21.3). Os Judeus valorizavam o que Moisés havia dito; todavia, Jesus ultrapassou Moisés: "... Moisés vos permitiu... Eu, porém, vos digo" (Mateus 19.8,9).
E havia ainda uma outra diferença: Os profetas foram enviados com uma mensagem, enquanto Jesus era a própria mensagem; os profetas falaram a respeito do Senhor, mas Jesus falou a respeito d'Ele próprio. Ele não simplesmente trouxe a Palavra de Deus - Ele mesmo era a Palavra de Deus. Ele não apenas indicou o caminho, Ele é o caminho. Jesus não é um dos caminhos que levam a Deus, Ele é Deus.

É por isso que não temos nenhum direito de duvidar da Palavra de Deus, ou de transformar o ponto de exclamação a respeito d'Ele em um ofensivo sinal de interrogação. Se o fizermos, para quem iremos? Afinal, “só Ele tem as palavras da vida eterna" (João 6.68), como O apóstolo Pedro reconheceu. Ou obedecemos ou morremos. 

Contribuindo com esse assunto sobre a encarnação de Jesus, o pastor Lloyd John Ogilvie, da igreja Presbiteriana de Hollywood em seu livro "O QUE DEUS TEM DE MELHOR PARA SUA VIDA", Editora Vida esclarece: 

"Quem é o Espírito Santo? É ele alguém ou algo separado ou diferente de Jesus Cristo? Cremos em três Deuses - Pai, Filho e Espírito Santo? Estas perguntas levantam-se de imediato sempre que damos ênfase ao Espírito Santo. É importante esclarecermos nosso pensamento a respeito deste assunto. Cremos em um único Deus. Ele é o nosso Criador, nosso Salvador em Cristo, e nosso poder residente pelo Espírito Santo. O Espírito Eterno que criou o mundo e revelou-se a si mesmo em Jesus Cristo, agora se encontra presente no mundo, dando continuidade ao ministério da reconciliação. 

Quando nos referimos ao Espírito Santo, estamos falando sobre Deus, cuja natureza é focalizada na vida, mensagem, morte e ressurreição de Jesus. Ele é o Deus Criador que age. Ele tem operado desde a criação, procurando chamar, transformar e dar poder ao seu povo para que participe com ele da história humana. Não se deve considerar a divindade como se fosse pessoas separadas e independentes umas das outras, mas como afirmação das diversas maneiras que Deus tem de ser Deus. 

Os nomes atribuídos a Deus ajudam-nos a examinar como ele age em nossa vida. Esta antiga bênção esclarece: "A graça do Senhor Jesus, o amor de Deus, e a comunhão do Espírito Santo, sejam com todos vós". Esta bênção proclama o alcance do movimento histórico de Deus e também as maneiras pelas quais ele opera em nossa vida. Ele nos criou para si mesmo, por amor; na sua graça, ele veio em Jesus Cristo a fim de sofrer e morrer para que fôssemos perdoados e curados; mediante a comunhão do Espírito Santo ele está conosco agora, a fim de guiar-nos e fortalecer-nos. Não ousamos perder nada do que Deus tem para dar-nos. O Espírito Santo não é um acréscimo, ele é o Deus Santo de toda a criação que deseja transformar-nos e dar-nos o poder de viver a vida abundante revelada em Jesus e que nos está disponível hoje. 

Ainda sobre o tema, o pastor Lloyd J Odilvie, em seu livro A SARÇA AINDA ARDE, Editora Vida (não mais publicado em português) escreve: 

"... ouça o próprio Cristo, enquanto fala acerca de quem ele é e do que veio fazer. Vinte e duas vezes no Evangelho de João, Jesus assume a autoridade divina sobre nosso pecado, doença e tristeza. A auto revelação audaz é "Eu sou!" As palavras gregas são as mesmas: Egõ eimi (grego) que significa Yahweh (hebraico). O Deus que faz coisas acontecerem é nosso Senhor Jesus Cristo! Ele veio confrontar a raiz principal da fonte de nossas lutas e ser vencedor. Cada um dos "Eu sou" de Jesus é a resposta a uma das nossas necessidades dolorosas. As mesmas palavras ditas por Deus a Moisés são usadas por Jesus na declaração de quem ele é e do que pode fazer. Ele é o Senhor preexistente; ele vem a você e a mim a fim de salvar-nos dos nossos pecados e libertar-nos dos nossos fardos para que possamos viver a vida abundante... As afirmações "Eu sou" que Cristo fez e suas promessas estão inseparavelmente unidas. O que ele prometeu que pode fazer é baseado em quem ele é (DEUS)."

Quando Jesus se fez ser humano, Ele pôs em prática seu glorioso plano de Salvação que por muitas vezes foi profetizado pelos profetas de Israel, prefigurado no Tabernáculo e consumado na Cruz. Paulo diz: "Cristo em vós - a esperança da Glória" (Colossenses 1:21) e revelou aos Coríntios " Deus estava em Cristo reconciliando consigo o mundo..." 2 Coríntios 5:19.


Oh gloriosa Palavra!!! Deus entrou na história humana e sofreu e morreu por nós, mas que ao terceiro dia ressuscitou, para que os que o recebessem tivessem o direito de serem chamados filhos de Deus (João 1:12). Não é de admirar que Paulo ensinasse com grande motivação a Timóteo sobre o ministério da piedade (o plano da Salvação): "E, sem dúvida alguma, grande é o mistério da piedade: Deus se manifestou em carne, foi justificado no Espírito, visto dos anjos, pregado aos gentios, crido no mundo, recebido acima na glória." 1 Timóteo 3:16 (Almeida Corrigida e Revisada Fiel).


E como Paulo se apropriou dessa verdade e Pilatos não? Qual foi a diferença? A diferença foi a reação de Paulo na Estrada de Damasco. Ambos estiveram frente a frente com o Senhor da Glória. 


Pilatos queria saber "e o que é a verdade?" mas não se renderia a Jesus por causa das exigências que tal decisão acarretaria. 


Porém, quando Jesus perguntou "Paulo, Paulo porque me persegues? Paulo não se preocupou com seu status farisaico e disse "Quem és tu, Senhor" e demonstrou realmente querer saber mais de Jesus. Como judeu, da tribo de benjamim, fariseu de fariseus, ele reconhecia somente a seu Deus Jeová (Yahweh) como Senhor (Deuteronômio 6:4). Imagine como foi para ele ouvir o Senhor lhe dizer "Eu sou Jesus, a quem tu persegues"! - Atos 9:5.


Pilatos transferiu a outros a decisão que a ele pertencia "Que faremos de Jesus chamado o Cristo?" (Mateus 27:22). Paulo, porém, ouvindo o Senhor disse "Senhor, que queres que eu faça?" (Atos 9:6) e, recebendo a instrução obedeceu. 


Mas deixemos que Paulo mesmo nos conte em Atos 22:10-16: "Então disse eu: Senhor, que farei? E o Senhor disse-me: Levanta-te, e vai a Damasco, e ali se te dirá tudo o que te é ordenado fazer. E, como eu não via, por causa do esplendor daquela luz, fui levado pela mão dos que estavam comigo, e cheguei a Damasco.E um certo Ananias, homem piedoso conforme a lei, que tinha bom testemunho de todos os judeus que ali moravam, Vindo ter comigo, e apresentando-se, disse-me: Saulo, irmão, recobra a vista. E naquela mesma hora o vi. E ele disse: O Deus de nossos pais de antemão te designou para que conheças a sua vontade, e vejas aquele Justo e ouças a voz da sua boca. Porque hás de ser sua testemunha para com todos os homens do que tens visto e ouvido. E agora por que te deténs? Levanta-te, e batiza-te, e lava os teus pecados, invocando o nome do Senhor." Senhor este cujo Paulo agora sabia quem era e qual era o seu nome, JESUS - Atos 9:5.


O Verbo (Palavra) se fez carne (ser humano). Deus entrou na história humana. Deus conosco, um socorro bem presente em tempos de angústia. O que fazer? "Mas que diz? A palavra está junto de ti, na tua boca e no teu coração; esta é a palavra da fé, que pregamos, A saber: Se com a tua boca confessares ao Senhor Jesus, e em teu coração creres que Deus o ressuscitou dentre os mortos, serás salvo.Visto que com o coração se crê para a justiça, e com a boca se faz confissão para a salvação. Porque a Escritura diz: Todo aquele que nele crer não será confundido. Porquanto não há diferença entre judeu e grego; porque um mesmo é o Senhor de todos, rico para com todos os que o invocam. Porque todo aquele que invocar o nome do Senhor será salvo." Romanos 10:8-13.


Para terminar esse comentário, mas não encerrar o rico assunto, quero me reportar às Palavras do anjo Gabriel em Mateus 1:23 "Eis que a virgem conceberá, e dará à luz um filho, E chamá-lo-ão pelo nome de EMANUEL, Que traduzido é: Deus conosco." Mateus 1:23.


É SÓ CHAMAR POR ELE, pois Ele mesmo diz: "Aquele que vier a mim, de maneira alguma o lançarei fora" - Lucas 6:37.

Se você gostou desta mensagem e/ou se ela lhe abençoou, recomende-a em suas redes sociais (veja botões abaixo) ou comente no link "COMENTÁRIOS" abaixo ou ainda envie-me e-mail para gersonluizgl@hotmail.com.


Deus te abençõe!

Veja também:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...