Pular para o conteúdo principal

Perseverança na Fé

“2 Meus irmãos, tende por motivo de toda alegria o passardes por várias provações, 3 sabendo que a provação da vossa fé, uma vez confirmada, produz perseverança. 4 Ora, a perseverança deve ter ação completa, para que sejais perfeitos e íntegros, em nada deficientes. 5 Se, porém, algum de vós necessita de sabedoria, peça-a a Deus, que a todos dá liberalmente e nada lhes impropera; e ser-lhe-á concedida. 6 Peça-a, porém, com fé, em nada duvidando; pois o que duvida é semelhante à onda do mar, impelida e agitada pelo vento. 7 Não suponha esse homem que alcançará do Senhor alguma coisa;” (Tiago 1:2-7)

Pensamentos Importantes
“Verdadeiros generais são aqueles forjados no campo de batalha” (Valnice Milhomens)

“Meninos não vão à guerra” (Célia Varela)



O Cenário da Vitória
Como cristãos perseverantes, devemos sempre projetar um cenário de vitória. Em meio as nossas provas, lutas e dificuldades, lancemos mão dos textos bíblicos que nos garantem que “em todas essas coisa, somos mais que vencedores por aquele que nos amou”. Leia Romanos 8:31-39.

A Bíblia inteira é um manual para os vencedores em Cristo Jesus. Examinaremos aqui muitas destas passagens bíblicas, que serão de grande valor para firmar nossa fé naquele que fez a promessa, pois “fiel é que vos chama, o qual também o fará” (1 Tessalonicenses 5:24).

Jesus disse: “Tenho-vos dito isso, para que em mim tenhais paz; no mundo tereis aflições, mas tende bom ânimo; eu venci o mundo” (João 16:33)
Atitude de Vencedor

Ter atitude positiva na vida é muito proveitoso. Após terem recebido o batismo com o Espírito Santo, os discípulos de Jesus tornaram-se corajosos e perseverantes em seu ministério, leia Lucas 24:49, Atos 4:11, 16 ao 22, 29 ao 31.

Para termos uma vida vitoriosa precisamos nos tornar perseverantes. Isso não significa sermos teimosos ou obstinados, mas sim em ter uma atitude de quem não desiste de seguir o caminho de Deus.

O apóstolo Paulo explica o que é perseverança em Romanos 5:3-5: “E também nos alegramos nos sofrimentos, pois sabemos que os sofrimentos produzem a paciência, e a paciência traz a aprovação de Deus, e essa aprovação não nos deixa decepcionados, pois Deus derramou o seu amor no nosso coração, por meio do Espírito Santo que Ele os deu”.

O Apóstolo Paulo abre a segunda epístola aos Coríntios com um relato de extrema aflição pela qual passou e saiu com renovada esperança (2 Coríntios 1:3-11). O Apóstolo mostra qual postura deve-se ter quando passamos por provações: “Muitas vezes ficamos aflitos, mas não somos derrotados, algumas vezes ficamos em dúvida, mas nunca ficamos desesperados; temos muitos inimigos, mas nunca nos farta um amigo. Às vezes somos gravemente feridos, mas não somos destruídos.” (2 Coríntios 4:8-9).

Sua fé, visão e perseverança é tamanha que ele continua: “Por isso nunca ficamos desanimados. Mesmo que nosso corpo vá se gastando, o nosso Espírito vai se renovando dia a dia. E essa pequena e passageira aflição que sofremos vai nos trazer uma glória enorme e eterna, muito maior que o sofrimento. Porque nós não prestamos atenção nas coisas que se veem, mas nas que não se veem. Pois o que pode ser visto dura apenas um pouco, mas o que não pode ser visto dura para sempre” (2 Coríntios 4:16-18).

E chega ao auge de sua explicação dizendo: “Porque vivemos pela fé e não pelo que vemos” (2 Coríntios 5:7).

Paulo sabia que uma fé perseverante e atuante muda situações (Hebreus 11:11).

Inclua em seu devocional da semana a leitura de 2 Coríntios 11:16-33 e 12:7-10.

Paulo tinha uma atitude vencedora em sua vida:
• Perseverança e firmeza de propósito – Filipenses 3:12
• Não ficar preso ao passado e visão do futuro – Filipenses 3:13
• Viver o presente positivamente e com expectativa e objetivo – Filipenses 3:14

Nos versos 15 e 16 dessa passagem ele aconselha que sejamos maduros e que sigamos em frente. Em Filipenses 4:12 na linguagem de hoje, bem no meio do versículo, lemos: “... Aprendi o segredo de me sentir contente, em todo o lugar e em qualquer situação...” e no versículo 13 “Posso todas as coisas naquele que me fortalece”.

Veja o que aconteceu a Paulo e Silas em Atos 16:22-25:

"E a multidão se levantou unida contra eles, e os magistrados, rasgando-lhes as vestes, mandaram açoitá-los com varas. E, havendo-lhes dado muitos açoites, os lançaram na prisão, mandando ao carcereiro que os guardasse com segurança. O qual, tendo recebido tal ordem, os lançou no cárcere interior, e lhes segurou os pés no tronco. E, perto da meia-noite, Paulo e Silas oravam e cantavam hinos a Deus, e os outros presos os escutavam."

 O que isso te parece? Qual foi a atitude deles em meio à tamanha provação? Consegue ver em Paulo um homem saindo fortalecido, renovado, alegre e vitorioso do meio dessa situação?

A vida pode tornar alguém mais doce ou mais amargo, tudo depende de suas escolhas.
(Este assunto continua em "COMO ENFRENTAR A PROVAÇÃO")

Por Gerson L G de Lima

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Aparente derrota, Vitória de Fato

Graças, porém, a Deus que em Cristo sempre nos conduz em triunfo. (2 Co 2.14.) 

De aparentes derrotas Deus tira as Suas maiores vitórias. 
Muitas vezes o inimigo parece triunfar temporariamente, e Deus assim permite. Depois então Ele confunde toda a obra do inimigo, desfaz sua aparente vitória e, como diz a Escritura, "transtorna o caminho dos ímpios". 
Assim Ele nos leva a experimentar uma vitória muito maior do que se não tivesse permitido ao inimigo um aparente triunfo no início. 
A história dos três moços hebreus lançados na fornalha ardente é bastante conhecida, e nos traz um exemplo de vitória aparente do inimigo. Parecia que os servos do Deus vivo iam sofrer uma terrível derrota. Por certo todos nós já estivemos em situações onde parecíamos derrotados — e o inimigo se regozijava. Podemos imaginar a derrota completa que os três jovens pareciam estar sofrendo: lançados na fornalha, com os inimigos observando para vê-los arder naquelas chamas. Porém, em que grande pasmo fica…

Manhã com Deus

Prepara-te para amanhã, para que subas..., e ali te apresenta a mim no cume do monte. Ninguém suba contigo. (Êx 34.2, 3.) 

 O momento matinal com Deus é essencial. Não podemos encarar o dia sem ter olhado para Deus, nem ter contato com outros, sem primeiro ter estado em contato com Deus. Não podemos esperar vitória, se começamos o dia na nossa própria força. Enfrentemos o trabalho de cada dia sentindo a influência de alguns momentos tranqüilos com o coração diante de Deus. Não entremos em contato com ninguém, mesmo os de casa, sem ter primeiro conversado com o grande hóspede e companheiro de nossa vida — Jesus Cristo. Conversemos a sós com Ele regularmente. Conversemos a sós com Ele diante da Bíblia, e enfrentemos os deveres habituais e não habituais de cada dia, tendo a influência dEle a controlar cada um de nossos atos. Tens hoje muito que fazer, talvez; Fala com Deus, primeiro. As coisas mudam tanto de figura Quando encaradas lá, A sós com Deus. Familiariza-O com esses teus ass…

Falar é Prata, Escutar é Ouro

“Portanto, meus amados irmãos, todo o homem seja pronto para ouvir, tardio para falar, tardio para se irar. Porque a ira do homem não opera a justiça de Deus” Tiago 1:19-20).
Recebi esse texto abaixo para meditação da Rádio BBN e resolvi compartilhar com vocês que acompanham-me pelo BLOG do Pastor Gerson Luiz. A mensagem é muito boa e vai acrescentar muito para quem tirar alguns minutos para ler meditar.
Aproveito para recomendar a programação da Rádio BBN que pode ser sintonizada pela WEB. Copie o link a segui e aproveite: http://www.bbnradio.org/jwplayer/players/browsers/portuguese.htm O ditado popular: “Falar é prata, escutar é ouro” reflete essa verdade preciosa. No texto acima entendemos que muitos de nós ainda precisa escutar mais e falar menos. Infelizmente, muitas vezes fazemos o contrário do que Deus nos exorta em Sua palavra. Quantas vezes somos tardios para ouvir, prontos para falar e mais prontos ainda para nos irar? E assim perdemos a oportunidade de experimentar a justiça…