Perseverança na Fé

“2 Meus irmãos, tende por motivo de toda alegria o passardes por várias provações, 3 sabendo que a provação da vossa fé, uma vez confirmada, produz perseverança. 4 Ora, a perseverança deve ter ação completa, para que sejais perfeitos e íntegros, em nada deficientes. 5 Se, porém, algum de vós necessita de sabedoria, peça-a a Deus, que a todos dá liberalmente e nada lhes impropera; e ser-lhe-á concedida. 6 Peça-a, porém, com fé, em nada duvidando; pois o que duvida é semelhante à onda do mar, impelida e agitada pelo vento. 7 Não suponha esse homem que alcançará do Senhor alguma coisa;” (Tiago 1:2-7)

Pensamentos Importantes
“Verdadeiros generais são aqueles forjados no campo de batalha” (Valnice Milhomens)

“Meninos não vão à guerra” (Célia Varela)



O Cenário da Vitória
Como cristãos perseverantes, devemos sempre projetar um cenário de vitória. Em meio as nossas provas, lutas e dificuldades, lancemos mão dos textos bíblicos que nos garantem que “em todas essas coisa, somos mais que vencedores por aquele que nos amou”. Leia Romanos 8:31-39.

A Bíblia inteira é um manual para os vencedores em Cristo Jesus. Examinaremos aqui muitas destas passagens bíblicas, que serão de grande valor para firmar nossa fé naquele que fez a promessa, pois “fiel é que vos chama, o qual também o fará” (1 Tessalonicenses 5:24).

Jesus disse: “Tenho-vos dito isso, para que em mim tenhais paz; no mundo tereis aflições, mas tende bom ânimo; eu venci o mundo” (João 16:33)
Atitude de Vencedor

Ter atitude positiva na vida é muito proveitoso. Após terem recebido o batismo com o Espírito Santo, os discípulos de Jesus tornaram-se corajosos e perseverantes em seu ministério, leia Lucas 24:49, Atos 4:11, 16 ao 22, 29 ao 31.

Para termos uma vida vitoriosa precisamos nos tornar perseverantes. Isso não significa sermos teimosos ou obstinados, mas sim em ter uma atitude de quem não desiste de seguir o caminho de Deus.

O apóstolo Paulo explica o que é perseverança em Romanos 5:3-5: “E também nos alegramos nos sofrimentos, pois sabemos que os sofrimentos produzem a paciência, e a paciência traz a aprovação de Deus, e essa aprovação não nos deixa decepcionados, pois Deus derramou o seu amor no nosso coração, por meio do Espírito Santo que Ele os deu”.

O Apóstolo Paulo abre a segunda epístola aos Coríntios com um relato de extrema aflição pela qual passou e saiu com renovada esperança (2 Coríntios 1:3-11). O Apóstolo mostra qual postura deve-se ter quando passamos por provações: “Muitas vezes ficamos aflitos, mas não somos derrotados, algumas vezes ficamos em dúvida, mas nunca ficamos desesperados; temos muitos inimigos, mas nunca nos farta um amigo. Às vezes somos gravemente feridos, mas não somos destruídos.” (2 Coríntios 4:8-9).

Sua fé, visão e perseverança é tamanha que ele continua: “Por isso nunca ficamos desanimados. Mesmo que nosso corpo vá se gastando, o nosso Espírito vai se renovando dia a dia. E essa pequena e passageira aflição que sofremos vai nos trazer uma glória enorme e eterna, muito maior que o sofrimento. Porque nós não prestamos atenção nas coisas que se veem, mas nas que não se veem. Pois o que pode ser visto dura apenas um pouco, mas o que não pode ser visto dura para sempre” (2 Coríntios 4:16-18).

E chega ao auge de sua explicação dizendo: “Porque vivemos pela fé e não pelo que vemos” (2 Coríntios 5:7).

Paulo sabia que uma fé perseverante e atuante muda situações (Hebreus 11:11).

Inclua em seu devocional da semana a leitura de 2 Coríntios 11:16-33 e 12:7-10.

Paulo tinha uma atitude vencedora em sua vida:
• Perseverança e firmeza de propósito – Filipenses 3:12
• Não ficar preso ao passado e visão do futuro – Filipenses 3:13
• Viver o presente positivamente e com expectativa e objetivo – Filipenses 3:14

Nos versos 15 e 16 dessa passagem ele aconselha que sejamos maduros e que sigamos em frente. Em Filipenses 4:12 na linguagem de hoje, bem no meio do versículo, lemos: “... Aprendi o segredo de me sentir contente, em todo o lugar e em qualquer situação...” e no versículo 13 “Posso todas as coisas naquele que me fortalece”.

Veja o que aconteceu a Paulo e Silas em Atos 16:22-25:

"E a multidão se levantou unida contra eles, e os magistrados, rasgando-lhes as vestes, mandaram açoitá-los com varas. E, havendo-lhes dado muitos açoites, os lançaram na prisão, mandando ao carcereiro que os guardasse com segurança. O qual, tendo recebido tal ordem, os lançou no cárcere interior, e lhes segurou os pés no tronco. E, perto da meia-noite, Paulo e Silas oravam e cantavam hinos a Deus, e os outros presos os escutavam."

 O que isso te parece? Qual foi a atitude deles em meio à tamanha provação? Consegue ver em Paulo um homem saindo fortalecido, renovado, alegre e vitorioso do meio dessa situação?

A vida pode tornar alguém mais doce ou mais amargo, tudo depende de suas escolhas.
(Este assunto continua em "COMO ENFRENTAR A PROVAÇÃO")

Por Gerson L G de Lima

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Aparente derrota, Vitória de Fato

Amado com amor inabalável

Manhã com Deus