Acompanhe este Blog clicando em SEGUIR

sexta-feira, 5 de outubro de 2012

O vale das Acácias



Uma fonte fluirá do templo do Senhor e regará o vale das Acácias (Jl 3.18)

O quadro não poderia ser mais bonito! Deveria ser pintado por algum artista capaz e inspirado.

O vale das Acácias, outrora com sulcos vazios e cheio de torrões, agora é outro! Parece a segunda edição do jardim do Éden, regado, florido e perfumado. Tudo por causa de uma fonte que flui do templo do Senhor.


Esta não é a única figura a esse respeito que aparece nas Escrituras. A mais conhecida descreve o curso daquele filete de água que nasce debaixo do altar, caminha para o lado oriental, vai crescendo em volume d’água, em largura e em profundidade. Atravessa o deserto da Judéia e desemboca no mar Morto. Suas águas invadem o árido de tal forma que o verde toma conta de tudo. Árvores frutíferas de todas as espécies crescem em ambas as margens e até o mar Morto fica cheio de peixes (Ez 47.1-12).

A mensagem que o vale das Acácias quer passar é a da transformação que a comunhão com Deus opera na pessoa e no caminho que ela percorre.

Desejo que de meu interior flua rios de água viva para os desertos alheios!


Fonte: (Refeições Diárias com os Profetas Menores)



Veja também:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...