Pular para o conteúdo principal

Torcendo para dar errado

Imagine uma cena comigo. Um time disputando uma partida importante, o estádio cheio de torcedores, só que, em vez desses torcerem para o time ganhar, eles estão torcendo para que exatamente o contrário aconteça. Diante de uma boa jogada, eles vaiam, mas quando o time comete algum erro em campo, toda a torcida aplaude e, se o time adversário marca um gol, então a torcida não se contém e explode em manifestações de alegria.

É uma cena totalmente descabida, concorda? Mas, na prática, ela acontece muitas e muitas vezes, em ambientes diferentes e envolvendo pessoas diferentes. Em um ambiente de trabalho, é comum vermos manifestações assim, uma verdadeira torcida para um colega errar ou para o chefe se dar mal. Até no ambiente familiar, por vezes, essa torcida acontece, colocando pais, filhos e cônjuges em uma situação de disputa e oposição.

Torcendo contra

De onde vem essa torcida para o outro se dar mal? 
Há uma série de respostas, como inveja, ciúmes, sentimentos de inferioridade e até mesmo medo. Independente da origem, essa atitude é ruim para todos, pois sempre que trabalhamos em equipe (família, ambiente de trabalho, amigos, igreja) o objetivo deve ser a vitória coletiva e a torcida deve ser para o outro conseguir, ainda que seu trabalho naquele momento seja mais visível que o meu ou o prêmio seja dado a ele e não a mim.

Só há uma maneira de vencermos essa atitude negativa da torcida contrária: é aprendendo a torcer a favor. Essa atitude pode ser compreendida como motivar e incentivar, se alegrar com a vitória do outro é literalmente torcer pelo outro, manifestando satisfação em ver o bom desempenho, a criatividade, competência ou outros valores que o colega de equipe exiba no desempenho de suas funções. Para fazer isso, porém, precisamos alimentar um espírito de equipe capaz de transformar uma vitória pessoal em uma vitória de todos! Em vez de enxergarmos alguém se destacando, deveríamos ver toda a equipe alcançando vitória através de um de seus membros.

Espírito de equipe

Além do espírito de equipe, é importante também desenvolvermos humildade e amizade com todos os membros da equipe, para que não fique nenhum resíduo de inveja ou ciúmes em nós. Conseguir olhar os outros como parceiros e não concorrentes faz parte disso. Quando fazemos parte de uma equipe, precisamos pensar mais no coletivo e não tanto no individual. Por vezes, é difícil ver alguém se destacar mais, mas se a equipe alcançar o objetivo, então, vale a pena torcer com entusiasmo por aqueles que, naquele momento, estão sendo mais importantes para a vitória de todos.

Torcer para o outro fracassar é sinônimo de fraqueza pessoal e falta de visão coletiva. Cada um de nós tem um talento único e é indispensável para que toda a equipe seja vitoriosa. Se nossos colegas de trabalho, familiares, irmãos em Cristo ou companheiros de algum projeto estão fazendo bom uso de seu talento, devemos torcer para que desempenhem todo o seu potencial e que isso resulte na vitória de todos. Se criarmos essa filosofia, poderemos eliminar a inveja e os ciúmes e criar um ambiente de motivação mútua, o que será benéfico para todos.

Vamos torcer para que nossos colegas sejam vitoriosos? Fica aqui esse desafio para todos nós!


Um artigo de Guilherme Avila Gimenez - Instituto Jetro www.institutojetro.com.br, publicado sob autorização.
URL: http://www.institutojetro.com/Artigos/gestao_de_pessoas/torcendo_para_dar_errado.html
Site: www.institutojetro.com
Título do artigo: Torcendo para dar errado
Autor: Guilherme Ávilla Gimenez

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Aparente derrota, Vitória de Fato

Graças, porém, a Deus que em Cristo sempre nos conduz em triunfo. (2 Co 2.14.) 

De aparentes derrotas Deus tira as Suas maiores vitórias. 
Muitas vezes o inimigo parece triunfar temporariamente, e Deus assim permite. Depois então Ele confunde toda a obra do inimigo, desfaz sua aparente vitória e, como diz a Escritura, "transtorna o caminho dos ímpios". 
Assim Ele nos leva a experimentar uma vitória muito maior do que se não tivesse permitido ao inimigo um aparente triunfo no início. 
A história dos três moços hebreus lançados na fornalha ardente é bastante conhecida, e nos traz um exemplo de vitória aparente do inimigo. Parecia que os servos do Deus vivo iam sofrer uma terrível derrota. Por certo todos nós já estivemos em situações onde parecíamos derrotados — e o inimigo se regozijava. Podemos imaginar a derrota completa que os três jovens pareciam estar sofrendo: lançados na fornalha, com os inimigos observando para vê-los arder naquelas chamas. Porém, em que grande pasmo fica…

Manhã com Deus

Prepara-te para amanhã, para que subas..., e ali te apresenta a mim no cume do monte. Ninguém suba contigo. (Êx 34.2, 3.) 

 O momento matinal com Deus é essencial. Não podemos encarar o dia sem ter olhado para Deus, nem ter contato com outros, sem primeiro ter estado em contato com Deus. Não podemos esperar vitória, se começamos o dia na nossa própria força. Enfrentemos o trabalho de cada dia sentindo a influência de alguns momentos tranqüilos com o coração diante de Deus. Não entremos em contato com ninguém, mesmo os de casa, sem ter primeiro conversado com o grande hóspede e companheiro de nossa vida — Jesus Cristo. Conversemos a sós com Ele regularmente. Conversemos a sós com Ele diante da Bíblia, e enfrentemos os deveres habituais e não habituais de cada dia, tendo a influência dEle a controlar cada um de nossos atos. Tens hoje muito que fazer, talvez; Fala com Deus, primeiro. As coisas mudam tanto de figura Quando encaradas lá, A sós com Deus. Familiariza-O com esses teus ass…

Falar é Prata, Escutar é Ouro

“Portanto, meus amados irmãos, todo o homem seja pronto para ouvir, tardio para falar, tardio para se irar. Porque a ira do homem não opera a justiça de Deus” Tiago 1:19-20).
Recebi esse texto abaixo para meditação da Rádio BBN e resolvi compartilhar com vocês que acompanham-me pelo BLOG do Pastor Gerson Luiz. A mensagem é muito boa e vai acrescentar muito para quem tirar alguns minutos para ler meditar.
Aproveito para recomendar a programação da Rádio BBN que pode ser sintonizada pela WEB. Copie o link a segui e aproveite: http://www.bbnradio.org/jwplayer/players/browsers/portuguese.htm O ditado popular: “Falar é prata, escutar é ouro” reflete essa verdade preciosa. No texto acima entendemos que muitos de nós ainda precisa escutar mais e falar menos. Infelizmente, muitas vezes fazemos o contrário do que Deus nos exorta em Sua palavra. Quantas vezes somos tardios para ouvir, prontos para falar e mais prontos ainda para nos irar? E assim perdemos a oportunidade de experimentar a justiça…