Boanerges ou Barnabés


"Eu de muito boa vontade gastarei, e me deixarei gastar pelas vossas almas, ainda que, amando-vos cada vez mais, seja menos amado." 2 Coríntios 12:15

O apóstolo Paulo era o "cara" mesmo. Porque a falta de amor de quem ele tanto se dedicara, faria com que muitos de nós hoje abandonássemos a tantos outros. O Desafio é entre sermos BOANERGES (filhos do trovão) do tipo "que essa pessoa se dane" ou sermos BARNABÉS (filhos da consolação) do tipo "vamos tentar de novo, quem sabe dessa vez a pessoa mude". o fino muro que divide uma e outra opção tem o "reboco" da indiferença no lado Boanerges e de "angustiante lamentação por decepção" no lado Barnabé. Então, em cima do muro também não dá para ficar. Só os sábios escolhem ser Barnabé. Poucos sábios, porém, conseguem fazer a escolha sem se martirizar nesse muro de lamentação. A questão passa por aquele princípio de Jesus de 70 x 7. Isso não é tarefa fácil. Só o Espírito Santo de Deus pode nos ajudar e firmar na disposição de amar como ele no ama em Cristo Jesus.

Pensamento do dia: "Pai celeste, nosso Senhor Jesus, ajuda-nos a ser BARNABÉS pois tantos que resistem-nos o fazem porque não conhecem o teu amor e se alguém não lhe mostrar o caminho, perecerão no mar da intriga, ódio e desamor"

Pastor Gerson L G Lima

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Aparente derrota, Vitória de Fato

Amado com amor inabalável

Manhã com Deus