Desperta tu que dormes

Cruzada de Reinhard Bonnke na Nigéria: Cumprindo os propósitos da Igreja de Jesus Cristo
Tempos diferentes, intrigantes e desafiadores, esses que estamos vivendo atualmente.
A Igreja vê-se inserida num contexto que põe em xeque seus conceitos e valores. As repressões contra a Igreja, como as que aconteceram nos massacres nas arenas romanas, no início da era cristã, ou na China comunista, na ex-União Soviética e na Europa Oriental no século passado, deram um saldo muito alto de mortes e forneceu mártires que reforçaram ainda mais a genuína fé em Jesus e revelaram uma crença que transcende as barreiras da vida temporal, através de homens e mulheres fiéis a Deus. Verdadeiros heróis da Fé. 

Porém, a tática atual de satanás, na era da informação, é muito diferente: a fé verdadeira está sendo colocada no mesmo “balaio” de outras crenças falsas, num processo de desmistificação da humanidade, que torna-se obsessiva em caçar e quebrar paradigmas.    Desvendam-se todas as mentiras e mitos religiosos, porém, com o intuito de também levar-nos os reais valores da nossa santíssima Fé em Jesus.

As religiões pagãs, outrora parte vital da estratégia satânica serão em breve sacrificadas nesse processo de auto-suficiência da humanidade, para que junto com elas a humanidade também sacrifique a Fé verdadeira em Jesus. Isso é o preparo para a manifestação do anticristo, que conforme o apóstolo Paulo, em II Tessalonicensses 2:3-4, “...se opõe e se levanta contra tudo o que se chama Deus, ou é objeto de adoração...”

Essa humanização traz consigo muitos conceitos que ofendem diretamente os princípios bíblicos, por exemplo, “oficializa” a imoralidade sexual e a alteração dos padrões bíblicos  sobre sexualidade, incentiva a rebeldia dos filhos, menospreza as autoridades, enfraquece os votos do matrimônio, apoia a liberdade sexual, etc.. (Romanos 1:21-32)

A Igreja é pressionada, e não pode mostrar-se impotente ou indiferente a tudo isso.

A estratégia desse novo modo de pensar, é satânica, é forte e avança parelha e consistentemente em todas as áreas da sociedade, senão vejamos:
·       Na mídia, artistas, escritores de novelas, celebridades, formadores de opinião, empresas entre outros, fazem tudo para que a sociedade ache normal as drásticas mudanças e inserções nos costumes morais, espirituais e sociais;
·       Na política, usa-se todo o empenho para mudar a legislação em favor desse plano;
·       A sociedade desvergonha-se de seus atos pecaminosos sendo que o que muitos não fazem, apoiam os que fazem, como que se comprometendo mutuamente. Sem contar de uma geração que não tem condições de recriminar a outra, pois encontram-se debaixo da mesma culpa;
·       E, para piorar ainda, falsos líderes religiosos, tratam de envergonhar o evangelho, maculando a imagem da Igreja, e frustrando as pessoas para que não encontrem na Igreja o caminho para a libertação em Jesus.

Seria isso, a vida como ela é? Não, isso não é a vida. É um borrão mal escrito com as canetas da mentira e da impiedade. A Igreja não pode continuar contemplando isso paralisada. Não pode continuar lutando com arco e flecha em plena era nuclear, figurativamente. O apóstolo Paulo disse que “as armas de nosso exército, não são carnais, mas sim poderosas em Deus para destruição das fortalezas.”

Jesus disse: “...Diante dela (a Igreja) as portas do inferno não prevalecerão” (Mateus 16:18).  Precisamos de coragem e ousadia. Daniel, o profeta, disse”... mas o povo que conhece ao seu Deus se tornará forte e fará proezas.” (Daniel 11:32). A Igreja não é impotente, mas precisa descobrir mais sobre sua fonte de poder: o Senhor Jesus (João 15:5) De fato, o apóstolo chama a igreja de COLUNA E FIRMEZA DA VERDADE - 1º Timóteo 3:15.

Pastor Rick Warren, disse que podemos hoje experimentar um crescimento extraordinário, quando aplicarmos. os cinco propósitos de Deus para a Igreja simultaneamente: ADORAÇÃO, COMUNHÃO, DISCIPULADO, EVANGELISMO E SERVIÇO CRISTÃO.

A Igreja deve evitar estar seccionada e usar esses propósitos separadamente, “especializando-se” em algum deles ou terceirizando aquilo que não sabe ou não quer fazer. Damos graças a Deus por organizações como a Jocum, a Cruzada estudantil para Cristo, os Gideões, e os seminários bíblicos. Mas eles foram criados para apoiar a Igreja e e são parte da igreja, mas não é missão destes fazer sozinhos o que todos na Igreja deveriam estar fazendo. Despertemos e avancemos. A Igreja está destinada a vencer (Mateus 16:18).

Teria muito ainda a compartilhar com vocês, sobre os propósitos de Deus para sua Igreja, mesmo assim você pode dar um presente a si mesmo e ler os livros Evangelismo por Fogo (Reinhard Bonke) e Um vida com propósitos (Rick Warren)

Informação e entretenimento apenas, não movem a Igreja, mas convicções fortes na Palavra de Deus farão dela, uma real ameaça ao reino das trevas e uma glória para nosso Senhor Jesus Cristo.

Forte abraço e até mais. 
Por Gerson Luiz Garcia de Lima
Curitiba/Pr.

Deixe seu comentário logo abaixo ou envie um e-mail com suas considerações para gersonluiz_garcia@yahoo.com.br. Ainda , você pode sugerir esse texto para seus contatos nas redes sociais veja os ícones do twiter, facebook, yahoo, orkut e e-mail também logo abaixo.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Aparente derrota, Vitória de Fato

Amado com amor inabalável

Manhã com Deus