Pular para o conteúdo principal

Ovelhas ou Bodes


Eu, o Senhor Deus, digo o seguinte a vocês, o meu rebanho: "Eu vou julgar cada um de vocês. Vou separar os bons dos maus, as ovelhas dos bodes". Ezequiel 34.17

Certa vez fui abordado por uma pessoa que reclamou que seus pastores nunca tinham sido pastores para ela. Amorosamente perguntei-lhe: "você já foi ovelha para eles?"

Todos sabem que ovelha é a fêmea do carneiro, cujo filhote chama-se cordeiro. Esses três nomes são usados pela Bíblia para traduzir o símbolo de mansidão e submissão. A ovelha é conhecida como sendo dócil, mansa, tratável, ensinável e indefesa. Ela se alimenta de capim fresco e produz lã o tempo todo.

O próprio Jesus foi conhecido como o cordeiro de Deus (Jo 1.29; At 8.32). O profeta Isaías já tinha predito que seu comportamento seria como de uma ovelha, com a forte marca de mansidão e humildade (Is 53.7). Mas foi o cordeiro sem pecado, defeito ou mancha (1 Pe 1.19). O cordeiro perfeito, tornando-se modelo a ser seguido por todo o rebanho. É curioso notar que Jesus também é reconhecido como sendo o grande Pastor das ovelhas (Hb 13.20), ou, nas palavras de Pedro, o Supremo Pastor (1 Pe 5.4). Ele mesmo se apresenta como sendo o bom pastor que dá sua vida pelas ovelhas (Jo 10.11, 14).

Pense bem em como a Bíblia apresenta nosso mestre: o grande pastor que tem um coração de cordeiro (Fp 2.8; Hb 5.8). Por isso ele levanta homens e mulheres para exercerem o ministério pastoral exigindo destes o mesmo coração de cordeiro. O pastor deve ser modelo ao rebanho. Mas modelo em que? Modelo como ovelha dócil e obediente. Assim, os melhores pastores são levantados do meio das ovelhas e nunca devem perder a característica de boas ovelhas. Pastores que não são boas ovelhas não são confiáveis (1 Pe 5.2, 3).

A ovelha fica aflita e exausta quando não tem um pastor cuidando dela (Mt 9.36). Ela tem prazer em ouvir o ensino de seu pastor (Mc 6.34) e seguir sua voz (Jo 10.27). Ela é conhecida e chamada pelo seu próprio nome ao ser conduzida com segurança quando tem que sair do aprisco (Jo 10.3) para enfrentar o mundo lá fora. A verdadeira ovelha sabe discernir e não dá ouvidos à voz de ladrões e salteadores (Jo 10.8). Merece ser cuidada por um pastor de verdade que dará sua vida pelas ovelhas que ama (Jo 10.11) ao invés de fugir quando o lobo se aproxima (Jo 10.12). Quando por alguma razão a ovelha se perde no caminho, espera ansiosa a atitude prudente e amorosa de seu pastor que sai para seu resgate (Mt 18.12) e tem grande prazer e alegria quando a encontra (Lc 15.6).

Por sua vez, cabra é a fêmea do bode, cujo filhote chama-se cabrito. Assim como a ovelha, emite um som chamado de balido (o conhecido "bééé"), mas tem características totalmente diferentes, sendo uma figura que representa um coração duro e rebelde. O bode é conhecido por ser repentino, traiçoeiro, fedido, marrento. Ele se alimenta até de lixo, busca sua própria defesa e não teme os humanos, podendo ser violento. Não aceita autoridade, muito menos repreensão, tornando-se desobediente e intratável.

Na igreja podemos encontrar as ovelhas e os bodes (Mt 25.32). Ambos estão se beneficiando das pastagens, do conforto do aprisco, mas um tem um coração submisso e outro uma natureza rebelde. 


E você, é uma ovelha genuína, uma ovelha com manias de bode, ou é um bode?

Texto de   Rodolfo Garcia Montosa - Publicado em 08.02.2011 
Reprodução autorizada por Instituto Jetro -http://www.institutojetro.com/


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Aparente derrota, Vitória de Fato

Graças, porém, a Deus que em Cristo sempre nos conduz em triunfo. (2 Co 2.14.) 

De aparentes derrotas Deus tira as Suas maiores vitórias. 
Muitas vezes o inimigo parece triunfar temporariamente, e Deus assim permite. Depois então Ele confunde toda a obra do inimigo, desfaz sua aparente vitória e, como diz a Escritura, "transtorna o caminho dos ímpios". 
Assim Ele nos leva a experimentar uma vitória muito maior do que se não tivesse permitido ao inimigo um aparente triunfo no início. 
A história dos três moços hebreus lançados na fornalha ardente é bastante conhecida, e nos traz um exemplo de vitória aparente do inimigo. Parecia que os servos do Deus vivo iam sofrer uma terrível derrota. Por certo todos nós já estivemos em situações onde parecíamos derrotados — e o inimigo se regozijava. Podemos imaginar a derrota completa que os três jovens pareciam estar sofrendo: lançados na fornalha, com os inimigos observando para vê-los arder naquelas chamas. Porém, em que grande pasmo fica…

Manhã com Deus

Prepara-te para amanhã, para que subas..., e ali te apresenta a mim no cume do monte. Ninguém suba contigo. (Êx 34.2, 3.) 

 O momento matinal com Deus é essencial. Não podemos encarar o dia sem ter olhado para Deus, nem ter contato com outros, sem primeiro ter estado em contato com Deus. Não podemos esperar vitória, se começamos o dia na nossa própria força. Enfrentemos o trabalho de cada dia sentindo a influência de alguns momentos tranqüilos com o coração diante de Deus. Não entremos em contato com ninguém, mesmo os de casa, sem ter primeiro conversado com o grande hóspede e companheiro de nossa vida — Jesus Cristo. Conversemos a sós com Ele regularmente. Conversemos a sós com Ele diante da Bíblia, e enfrentemos os deveres habituais e não habituais de cada dia, tendo a influência dEle a controlar cada um de nossos atos. Tens hoje muito que fazer, talvez; Fala com Deus, primeiro. As coisas mudam tanto de figura Quando encaradas lá, A sós com Deus. Familiariza-O com esses teus ass…

Falar é Prata, Escutar é Ouro

“Portanto, meus amados irmãos, todo o homem seja pronto para ouvir, tardio para falar, tardio para se irar. Porque a ira do homem não opera a justiça de Deus” Tiago 1:19-20).
Recebi esse texto abaixo para meditação da Rádio BBN e resolvi compartilhar com vocês que acompanham-me pelo BLOG do Pastor Gerson Luiz. A mensagem é muito boa e vai acrescentar muito para quem tirar alguns minutos para ler meditar.
Aproveito para recomendar a programação da Rádio BBN que pode ser sintonizada pela WEB. Copie o link a segui e aproveite: http://www.bbnradio.org/jwplayer/players/browsers/portuguese.htm O ditado popular: “Falar é prata, escutar é ouro” reflete essa verdade preciosa. No texto acima entendemos que muitos de nós ainda precisa escutar mais e falar menos. Infelizmente, muitas vezes fazemos o contrário do que Deus nos exorta em Sua palavra. Quantas vezes somos tardios para ouvir, prontos para falar e mais prontos ainda para nos irar? E assim perdemos a oportunidade de experimentar a justiça…